Comunidade WordPress no Brasil

Escrito por Parka em 26 Abril 2008

A comunidade WordPress do Brasil tem uma agora uma página oficial no site br.wordpress.org. A data de lançamento coincidiu com a data de descobrimento do Brasil.

O site oficial da comunidade Brasileira do WordPress é www.wordpress-br.com. Neste site do Grupo Oficial de Tradutores Voluntários do WordPress para o Português do Brasil, você pode ler notícias sobre o WordPress, fazer downloads de arquivos traduzidos, ajudar a traduzir o WordPress ou participar no fórum sobre tradução.

WordPress 2.5.1

Escrito por Parka em 26 Abril 2008

Praticamente um mês depois da última grande actualização do WordPress saiu uma nova, a saber a 2.5.1. Voltei a fazer o download da versão em português do site da comunidade portuguesa do WordPress e desta vez não tive nenhuns problemas com a actualização.

Os passos para esta actualização são bastantes simples, fazer o download, descompactar para uma pasta, enviar os ficheiros para o site e substituir os antigos, entrar no painel de administração, clicar em dois botões e já está. Mais simples é impossível.

Esta versão do wordpress vem corrigir mais de 70 bugs e uma vulnerabilidade relacionada com o registo de utilizadores. Podem ler mais informações aqui.

Actualizar WordPress para a versão 2.5

Escrito por Parka em 29 Março 2008

Saiu à poucas horas uma nova versão do wordpress. Passou para a versão 2.5, a maior parte das alterações só estão visíveis no painel de administração. Para saber quais são as novidades podem ou devem visitar o blogue oficial da equipa do WordPress(o artigo está em inglês).

O processo de actualização é que não foi tão fácil como previsto. Depois de fazer download da versão localizada para português no site da comunidade, de fazer uma cópia de segurança dos dados e dos ficheiros do servidor, comecei a instalação dos ficheiros para o servidor. Quando executei o ficheiro para verificar a base de dados e actualiza-la se necessário comecei a ter vários erros. O site estava acessível mas não conseguia entrar no painel de administração.

Depois do primeiro revês toca a reinstalar tudo novamente. Apaguei todos os ficheiros e pastas e segui as instruções mas sem nenhum efeito. Continuava com o mesmo problema.

Decidi experimentar a versão oficial em inglês… e voilá. Tudo “aparentemente” a funcionar, mesmo os plugins. Com a nova versão já se consegue actualizar directamente as extensões/plugins sem necessidade de copiar ficheiros pelo FTP.

Tenho neste momento o painel de administração e alguns pormenores do site, por exemplo as datas, em inglês. Isso irá ser resolvido nos próximos dias…. espero eu.

Personalizar Estrutura de Hiperligações Permanentes

Escrito por Parka em 5 Fevereiro 2008

Já aqui escrevi sobre a personalização das hiperligações permanentes em WordPress. Por defeito a instalação do WordPress utiliza a seguinte estrutura: http://www.iliquido.com/?p=123. Muitos experts advogam que se deve alterar para algo do género http://www.iliquido.com/2008/instalei-o-wordpress-e-agora/, é de mais fácil percepção e de melhor indexação pelos serviços de pesquisa como o Google.

Encontrei este artigo do Jeffro2pt0 no site Weblog Tools Collection mais elaborado onde explica as várias opções que existe para configurar as hiperligações permanentes. Não se esqueçam de ler os comentários a este artigo que valem o tempo perdido. Em contraponto à personalização temos este outro artigo do Thulefoth, em que o autor Ted Clayton fala das vantagens em não alterar as hiperligações.

Proteger o acesso às pastas do WordPress

Escrito por Parka em 26 Janeiro 2008

Como a estrutura de pastas/directórios num sistema WordPress é conhecido por outros utilizadores de WordPress há que proteger o acesso às mesmas. Um dos métodos é negar o acesso através do ficheiro de configuração do servidor apache. O ficheiro .htaccess pode existir em todas as pastas e tem muitos parâmetros de configuração. Para proteger o sistema de pastas do wordpress precisamos editar o ficheiro na pasta raiz e acrescentar as seguintes linhas:

options -indexes
ErrorDocument 403 /404.php

A primeira linha protege o acesso, a segunda linha redirecciona o utilizador para uma página de erro. Se não tiver este ficheiro, pode criar um ficheiro de texto com o nome .htaccess(atenção que não tem nome, somente tem extensão) e transfira-lo para pasta raiz.


Copyright © 2007 Ilíquido. Todos os direitos reservados.