Neste artigo vou descrever sucintamente os passos necessários para instalar o wordpress num servidor remoto com domínio próprio. Mas antes de passar-mos efectivamente para a fase de instalação temos que fazer uma checklist do que precisamos ter:

  • Acesso a um servidor web(ou via FTP ou shell)
  • Um servidor web com php e mysql disponíveis
  • Um editor de texto
  • Um cliente FTP, que vai servir para transferir os ficheiros de e para o servidor remoto.
  • Um browser para aceder ao nosso site
  • O software wordpress para instalar

Se o plano de alojamento incluir os scripts Fantastico a instalação do wordpress será mais fácil. Com 3 cliques de rato podemos instalar e configurar um blogue baseado em software wordpress. O único senão será a versão instalado do wordpress que poderá ser uma versão desactualizada e/ou a versão inglesa, o que de qualquer forma implicará uma alteração manual para actualizar e localizar para português.

1. Fazer o download do software wordpress

Como já foi referido num artigo anterior, o wordpress é um software FLOSS, ou seja, livre e de código aberto. Para instalar o software no site temos que fazer o download da última versão. Podemos fazer isso em www.wordpress.org para a versão inglesa ou em www.wordpress-pt.com para a versão portuguesa. No site português existe outro manual ilustrado para a instalação do wordpress com uma técnica diferente. Depois de completado o download vamos descompactar os ficheiros para uma pasta do nosso pc.

2. Transferir e instalar um cliente FTP

O serviço de alojamento deve permitir acesso FTP(File Transfer Protocol) do pc local para o servidor web. A aplicação utilizada para a transferência de ficheiros entre pc e servidor web é denominado de cliente FTP. O cliente FTP que sugiro é Fillzilla, uma aplicação simples e gratuita e com versões para Windows, Mac OSX e Linux. Depois de terminado o download, vamos executar o ficheiro para proceder à instalação.

2.1. Instalação do Filezilla

As imagens que se seguem referem-se à instalação do FileZilla num computador com o Windows XP como sistema operativo.

Depois de ler a licença e se concordar seleccionamos “I agree” para continuar. Nesta fase o FileZilla está em inglês mas na utilização estará localizada para português.

Vamos dar acesso ao programa a todos os utilizadores do pc local. Carregar em “Next”

Podemos seleccionar todos componentes e depois “Next”.

Podemos deixar a pasta predefinida para o local de instalação e carregamos em “Next”.

Escolher a pasta onde instalar os atalhos no menu Iniciar e clicar em “Install” para proceder à instalação completa do FileZilla.

Se chegaram aqui tudo correu bem e a instalação está completa.

2.2. Configuração do FileZilla

Finalizando a instalação vamos executar o FileZilla para proceder à sua configuração. A empresa que contratamos o serviço de alojamento deverá ter enviado os dados para o acesso à nossa conta por FTP. Como estes dados permitem o acesso ao painel de administração do site temos que ter o cuidado de os guardar e não partilhar com ninguém. Na primeira hipótese devemos alterar a palavra-passe de acesso para uma da nossa escolha.

Depois de executar o Filezilla vamos ver a sua apresentação pela primeira vez. Podemos definir 4 zonas.

Na zona 1, vemos o relatório de mensagens entre o servidor remoto e o computador local. Na zona 2 temos um janela que representa a árvore de pastas e ficheiros locais, muito parecido com o Explorador do Windows. A zona 3 é idêntica à zona 2 mas as pastas e ficheiros são do servidor web remoto. Na zona 4 temos a lista de transferência de ficheiros entre o pc local e servidor remoto web, ou vice versa.

No menu Ficheiro->Gestor de Sites e com os dados de acesso vamos criar um atalho para aceder remotamente ao nosso servidor web remoto. Os únicos campos que precisamos preencher agora são: Anfitrião, Tipo de Servidor, Tipo de início de sessão, utilizador e palavra-passe. Podemos dar um nome ao atalho que irá aparecer no lado esquerdo. No exemplo da imagem acima estão definidos dois atalhos, o “demoura.eu” e “Novo sitio”. Carregamos em OK para fechar a janela.

Para aceder ao atalho, clicamos no primeiro ícone da barra de ferramentas(Ver imagem acima), seleccionamos o atalho/sítio pretendido para estabelecer uma ligação com esse site.

3. Tranferir o software wordpress para o site

Depois de estabelecer uma ligação ao servidor remoto temos que escolher a localização/endereço do blogue. No painel de administração do alojamento podemos definir qual a pasta a ser utilizada como “Home” ou início do site, em regra é uma pasta chamada www ou public_html. Se pretendemos que o blogue esteja na raiz do domínio, seleccionamos a pasta www na zona 3, se quiseremos instalar para uma pasta diferente temos que criar esse local, neste exemplo vou querer o blogue em www.iliquido.com/blog. Para isso preciso de criar uma pasta “blog” dentro da pasta www.

Para criar a pasta, selecciono primeiro a pasta raiz(neste caso www), com o botão do lado direito do rato escolho a opção “Criar pasta”.

Irá aparecer uma pequena caixa de texto para introduzir-mos o nome da pasta, neste caso “/www/blog/”. Atenção especial ao sentido do separador de pastas “/”, são diferentes das normalmente utilizadas no Windows Explorer.

Depois de criada a pasta, clicamos duas vezes sobre a mesma para mudar-mos para ela, no endereço remoto devemos ter “/www/blog/”. Na zona 2 devemos ter o endereço local apontar para a pasta onde extrair-mos o wordpress. Seleccionamos todos os ficheiros na parte de baixo da zona 2(ver imagem acima) e com o botão direito do rato, escolhemos a opção “Enviar”.

Na zona 4 podemos observar o estado da trasnferência e os ficheiros ainda pendentes para serem enviados para o nosso site remoto. A transferência dos ficheiros poderá demorar alguns minutos.

Decidi dividir o artigo em duas partes. A segunda parte encontras-as aqui